Clipping

Matérias, entrevistas, artigos sobre o mundo dos transportes públicos no Brasil e no Mundo

Pesquisar
Assunto
Data de
Data até
Autor
Veículo

20/10/2021 00:00

Diário do Transporte| Diário do Transporte

Prefeito Ricardo Nunes inicia desapropriações para instalação de novo terminal de ônibus em São Mateus

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, iniciou nesta quarta-feira, 20 de outubro de 2022, o processo para construção de novo terminal de ônibus em São Mateus, zona Leste de São Paulo.

Em decreto publicado no Diário Oficial do Município o prefeito declarou de utilidade pública áreas que somam 25 mil metros quadrados. Este é o primeiro passo para a desapropriação e futura instalação do equipamento.

O terminal em São Mateus está previsto no Plano de Metas da prefeitura para o período 2021-2024, Meta 45 – SP Ágil. O objetivo estratégico é “garantir o acesso ao Sistema Municipal de Transportes, de forma segura, acessível e sustentável”.

São quatro áreas que juntas somam 25.199 m²:

I – área 1: 5.261,00 m²;

II – área 2: 5.642,00m²;

III – área 3: 7.132,00m²; e

IV – área 4: de 7.164,00m².

A SPTrans encaminhou nota ao Diário do Transporte confirmando que a Declaração de Utilidade Pública se refere à instalação do Novo Terminal São Mateus.

“No momento, está sendo preparada a licitação do Projeto Executivo, que deverá ser desenvolvido em 2022. A estimativa é contratar a obra em 2023 e concluí-la em 2024”, completa a nota.

 

 


São Mateus já possui um terminal de ônibus e trólebus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), que deve passar por reformas em até 12 meses.

A modernização do espaço estava prevista para ocorrer no quarto ano do novo contrato do Corredor ABD, mas a intenção é antecipar as obras para os próximos 12 meses, segundo informou em junho de 2021 o então secretário Alexandre Baldy.

Inaugurado em 1988, o terminal São Mateus, na zona Leste da Capital Paulista, passou por poucas alterações estruturais desde então.

O terminal integra o Corredor ABD de ônibus e trólebus metropolitanos operados pela Metra (ABC Sistemas/Next Mobilidade) e também recebe ônibus e trólebus municipais operados por diferentes empresas e gerenciados pela SPTrans (São Paulo Transporte).

A interligação com o monotrilho da linha 15-Prata deveria existir já na inauguração da estação do sistema de trens de média capacidade, o que não ocorreu.

Além da praticidade, a ligação traria mais segurança aos passageiros do transporte coletivo, uma vez que não são raros casos de assaltos, furtos e até consumo de entorpecentes nas imediações do monotrilho e do corredor de ônibus.

Com um novo equipamento construído especificamente para os ônibus do sistema municipal, haverá uma melhor integração dos diferentes modais: sistema municipal (ônibus e trólebus); sistema metropolitano (corredor ABD); e a Linha 15-Prata de monotrilho.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes



Comente

Nome
E-mail
Comentário
  * Escreva até 1.000 caracteres.
 
 



Envie o link desta página um amigo

Seu Nome
Seu E-mail
Nome do seu amigo
E-mail do seu amigo
Comentário