Clipping - Destaques da Semana

Pesquisar
Assunto
Data de
Data até
Autor
Veículo

29/09/2019 00:00

ANTP| ANTP

Velocidade da informação versus realidade da transformação

Um evento multifocado, destacando desafios que hoje pontuam a temática da mobilidade urbana no país e no resto do planeta... Esta talvez seja a forma mais simples de definir o que assistimos nos 3 dias de eventos do Arena ANTP 2019 – Congresso Brasileiro de Mobilidade Urbana, 22ª edição do tradicional Congresso que nossa Associação realiza desde 1978.

Numa sociedade cada vez mais conectada, onde as soluções se espalham com celeridade, em que empresas se consorciam para customizar planos e robustecer projetos, o que vimos de 24 a 26 de setembro na capital paulista foi um pouco de tudo isso, concretizado num mosaico que matizou não só as soluções que o setor desenvolveu até aqui, como as dificuldades que muitas vezes impedem que a velocidade da informação se torne em realidade de transformação.

Empresas de tecnologia, fabricantes de veículos, estudiosos do planejamento urbano e de redes de transportes, ativistas da mobilidade ativa, autoridades públicas e operadoras de transporte e trânsito, isso tudo e mais uma gama de congressistas, visitantes e interessados, compuseram um quadro cujas cores nos mostraram um aprendizado contínuo em ebulição no caldeirão em que hoje está imersa a mobilidade urbana. Os mais de 2.500 participantes também puderam desfrutar de um novo formato, com as conferências se desenvolvendo em arenas abertas e visíveis em meio aos 8 mil m² da feira de exposição.

A constante inovação, a necessidade da persistente avaliação e controle, a importância de decidir sempre com base em dados, foram destaques temáticos que reforçaram a importância de uma entidade como a ANTP, cuja história só pode ser contada e compreendida se levarmos em conta seu envolvimento contínuo na proatividade propositiva.

Como nos outros 21 Congressos anteriores, este conseguiu determinar não só nosso atual estágio de evolução e conhecimento, como principalmente definir quais os temas que catalisarão daqui para a frente a preocupação de gestores e operadores, da indústria e dos promotores de serviços na área de transporte público.

Aplicativos, transporte sob demanda, gestão e controle, matriz energética, uma miríade de temas que entrelaçados trazem como foco único e necessário a figura do “cliente”, assim tratado por todos os segmentos nas várias palestras e mesas de debates que se reuniram no evento.

A constatação de que o habitante da cidade hoje tem força não só para determinar a forma como quer se locomover, mas de que principalmente possui na palma da mão mecanismos que lhe permitem compor sua própria rede de locomoção, trouxeram aos vários players reunidos no Arena ANTP dois desafios reveladores: como lidar com um cliente poderoso assim? E, ao mesmo tempo, como garantir que daí nasçam soluções que impliquem numa cidade mais inclusiva, que preserve seus espaços, que tenha um ar respirável, e que seja menos violenta e mais afetiva?

A velocidade da informação e da inovação versus a realidade da transformação da forma como nos locomovemos, eis o grande desafio que levaram para casa ao fim do evento todos aqueles que, cada qual a seu modo, têm a missão fundamental de alcançar soluções inovadoras e criativas para a mobilidade urbana do século 21.



Comentários

Prof Rubens Ramos - 03/10/2019 08:33:22
Foi um evento muito bom, parabéns! Gostei do formato. Excelente! Pode ser aprimorado com perguntas ou colocações feitas pelas pessoas via aplicativo, as quais podem ser também compartilhadas. E por falar em compartilhamento, onde e quando poderemos ter acesso aos slides das apresentações? Abs.

Comente

Nome
E-mail
Comentário
  * Escreva até 1.000 caracteres.
 
 



Envie o link desta página um amigo

Seu Nome
Seu E-mail
Nome do seu amigo
E-mail do seu amigo
Comentário