Notícias

Pesquisar
Assunto
Data de
Data até
Autor
Veículo

14/01/2020 00:00

Diário do Transporte| Diário do Transporte

Atila Jacomussi confirma congelamento de tarifa de ônibus em Mauá para 2020

ADAMO BAZANI

O prefeito de Mauá, no ABC Paulista, Atila Jacomussi, confirmou nesta segunda-feira, 13 de janeiro de 2020, que não haverá reajuste de passagem de ônibus na cidade neste ano.

Diário do Transporte já havia antecipado que a intenção da prefeitura era manter a tarifa nos atuais R$ 4,30.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/01/03/prefeitura-de-maua-informa-que-nao-ha-pretensao-de-aumentar-tarifa-de-onibus-em-2020/

A cidade possui 48 linhas, todas operadas pela empresa Suzantur.

Em uma transmissão em suas redes sociais, Jacomussi disse que este não é o melhor momento para reajuste de tarifa diante da atual conjuntura econômica, com 11,9 milhões de pessoas procurando emprego e 38,8 milhões trabalhando em ocupações informais – sem carteira de trabalho assinada –, conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

“Em meu governo, nunca tivemos aumento de tarifa, ao contrário, quando foi necessário, eu reduzi. Temos que ter sensibilidade à população e antes de pensarmos em aumento da tarifa, a economia precisa voltar a crescer e podemos avançar ainda mais na qualidade do transporte coletivo” – disse.

Os últimos reajustes ocorreram nas gestões de Donisete Braga (de R$ 3,80 para R$ 4,20, em 28 de dezembro de 2016, valor reduzido para R$ 4, já com Jacomussi à frente do Paço Municipal, em fevereiro de 2017) e em janeiro de 2019, de R$ 4,00 para R$ 4,30, quando estava à frente da prefeitura, a vice Alaíde Damo. Na ocasião, Jacomussi estava preso sob a acusação de fraude em processo licitatório, corrupção (ativa ou passiva) e formação de organização criminosa. O prefeito conseguiu liberdade em fevereiro de 2019 e, em setembro, obteve na Justiça direito de volta ao comando do executivo após o TJSP reverter a decisão da Câmara de Vereadores que suspendeu seu mandato.

Na transmissão desta segunda-feira, Atila Jacomussi ainda lembrou que o município “espera a autorização da União para o financiamento pela reforma do Terminal Itapeva (valor previsto para as intervenções é de R$ 4.368.138,60) e as construções dos terminais Zaíra (R$ 4.364.911,56) e Itapark (R$ 7.541.011,20). As obras têm previsão de 18 meses para conclusão e serão executadas pela Paulista Obras e Pavimentação Ltda após certame licitatório. A documentação do processo está com a Caixa Econômica Federal, que agora depende do aval do Ministério da Infraestrutura para a liberação do aporte financeiro.” – segundo nota da prefeitura.

Outro assunto, também já abordado pelo Diário do Transporte, é a concessão de espaços para exploração comercial, por meio de PPP – Parceria Público Privada, do terminal central da cidade.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/12/23/prefeitura-de-maua-vai-conceder-espacos-dentro-do-terminal-de-onibus-central-para-comercio/

Na transmissão desta segunda-feira, 13, Jacomussi prometeu que os recursos vão ser usados para revitalização e implantação de melhorias do espaço.

OUTRAS CIDADES QUE CONGELARAM NO ABC:

Em pleno ano eleitoral, os prefeitos do ABC Paulista não estão dispostos a “correr o risco de imagem” de elevar as tarifas dos serviços de ônibus.

Como mostrou o Diário do Transporte, além de Mauá, confirmaram congelamento em 2020, Santo André, São Bernardo do Campo e Rio Grande da Serra.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/01/05/tres-cidades-do-abc-paulista-descartam-reajuste-de-tarifa-de-onibus-e-demais-ainda-avaliam/

E

https://diariodotransporte.com.br/2020/01/07/rio-grande-da-serra-descarta-reajuste-na-tarifa-de-onibus-em-2020/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

 


Comente

Nome
E-mail
Comentário
  * Escreva até 1.000 caracteres.
 
 



Envie o link desta página um amigo

Seu Nome
Seu E-mail
Nome do seu amigo
E-mail do seu amigo
Comentário